Prebióticos: Aliados para o Controle do Peso

 Prebióticos: Aliados para o Controle do Peso
Compartilhe nas suas redes sociais:

prebiotico-supernutrição

Os prebióticos são carboidratos que não são digeríveis (fibras) e que estimulam o crescimento de bactérias intestinais benéficas, como as bifidobactérias e lactobacillus. Essas bactérias benéficas (probióticas) fermentam os prebióticos e geram os Ácidos Graxos de Cadeia Curta (AGCC): butirato, acetato e proprionato. O butirato, inclusive, é utilizado como fonte de energia pelos colonócitos – células do cólon/intestino grosso.

Os prebióticos possuem ação anti-inflamatória, pois pode ajudar na redução de citocinas pró-inflamatórias, exemplos: IL-6 (Interleucina-6) e TNF-α (Fator de Necrose Tumoral-α). Um benefício importantíssimo é o de auxiliar na obtenção ou manutenção de uma mucosa intestinal íntegra; isso ajuda a dificultar a passagem, para a circulação sanguínea, de substância indesejáveis, como é o caso do LPS (lipopolissacarídeo – estrutura presente em bactérias patogênicas/ruins). Caso esse LPS chegasse na corrente sanguínea, acabaria por estimular processos inflamatórios. Isso ajuda a explicar o efeito anti- inflamatório já citado.

Por ser anti-infamatório, isso já faz com que haja uma relação protetora para a obesidade. Além disso, estimula a liberação de PYY e GLP-1, ambas as substâncias relacionadas com estímulo da sensação de saciedade; logo, os
prebióticos podem ser ótimos aliados no controle do peso. O interessante é que muito se pensa no quantitativo calórico ingerido como o grande influenciador da massa corporal (‘’peso’’). Mas aqui vimos que a composição da microbiota intestinal – conjunto de bactérias intestinais – podem exercer uma grande influência nesse sentido. Por isso, investir em fibras, incluindo as de propriedade prebiótica, pode ser uma boa estratégia.

Abaixo, duas referências sobre o assunto:

Barczynska R, et al. Intestinal Microbiota, Obesity and Prebiotics. Polish
Journal of Microbiology, 2015.

Kao ACC, Harty S, Burnet PWJ. The Influence of Prebiotics on Neurobiology
and Behavior. International Review of Neurobiology, 2016.

Henrique Lima

https://www.youtube.com/channel/UCLS-udF3quRKFcnQTpjmrRw

Nutricionista Especialista em Nutrição Clínica e Esportiva. Contato: [email protected]

Leia também...

Leave a Reply